Educação

Secretário fortalece articulação entre Secretaria e Conselho Municipal de Educação

O Secretário de Educação Roberto Alcântara de Souza participou no dia 26 de julho de sessão ordinária do Conselho Municipal de Educação (CME) de Ribeira do Pombal. O CME, que conta com membros de diversos segmentos, funciona como órgão mediador e articulador da relação entre a sociedade e os gestores da Educação Municipal. Nesta sessão os conselheiros puderam, além de discutir as questões em pauta conhecer mais das ações da Secretaria.

Roberto Alcântara destacou a preocupação em socializar as ações da Rede Pública Municipal com o grupo, tendo em vista que ao órgão cabe a função de assessorar, normatizar, orientar, acompanhar e fiscalizar o Sistema de Ensino do Município. “Os projetos e programas que estão em andamento, disse o secretário, representam iniciativas de impacto sobre a aprendizagem dos alunos e promovem a inclusão escolar e social”. Como o mesmo enfatizou, estes funcionam como uma rede de proteção às crianças e jovens.

Os projetos mencionados foram o “Se ligue, você tem voz e vez”, este incentiva a participação dos estudantes na discussão de assuntos relacionados à comunidade escolar. O “Fora da Escola não pode”, em que a intenção é apoiar na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. A “Comunidade Aprendizagem” que chegará a duas escolas municipais, se baseia em atuações educativas de êxito voltadas para a transformação educacional e social, que começa na escola, mas integra tudo o que está ao seu redor.

O Secretário também compartilhou com os conselheiros sua alegria na aquisição do acervo literário que o município está recebendo. O acervo com mais de 8.000 livros contemplará três bibliotecas centrais que atenderão escola e comunidade locais e adjacências e serão implantadas no Colégio Evência Brito, nas Escolas Ferreira Brito (Povoado Barrocão) e Ednaldo Ribeiro Sales (Povoado Boca da Mata). Os demais livros comporão as salas de leitura das vinte e seis escolas de Ensino Fundamental da Rede. A grandiosidade desta ação se dá à medida que a Rede Municipal tem práticas efetivas de fomento à leitura e reconhece na literatura um direito humano, capaz de entrelaçar arte, educação e justiça social.

E finalizou ratificando o pedido de análise encaminhado ao Conselho Municipal de Educação que trata das Diretrizes Gerais para Educação Integral em Tempo Integral. Para o secretário “este é o primeiro passo para grandes transformações na educação, e consequentemente, na comunidade (…) certamente isso nos colocará desafios e fará emergir a necessidade de se estabelecer um patamar básico de compreensão do significado da experiência pretendida, alinhando entendimentos em torno da concepção de Educação Integral em tempo integral”. A iniciativa do secretário em informar aos membros do CME sobre as ações da Secretaria reafirma sua preocupação em contribuir para o fortalecimento da estreita articulação entre Secretaria e Conselho Municipal de Educação.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo